EDUCAÇÃO E EMANCIPAÇÃO

Rafael Rossi

Resumo


RESUMO
O presente artigo representa um esforço teórico de compreensão da relação que se estabelece entre o complexo social da educação e a categoria fundante do ser social: o trabalho. Nesse aspecto, partimos das elaborações oferecidas pela ontologia marxiana por ajudar a compreender a realidade objetiva com base em seu próprio movimento histórico de complexificação. Esta discussão é fundamental para analisar os limites e as possibilidades da prática educativa perante a sociabilidade capitalista da contemporaneidade. Com efeito, tratamos desta temática a partir das bases onto-metodológicas oferecidas por Marx, Lukács, Mészáros, S. Lessa e I. Tonet; pois estes autores, dentre outros, oferecem reflexões de ordem eminentemente crítica e radical à reflexão ideopolítica sobre o complexo educacional.
Palavras-chave: Ontologia Marxiana; Trabalho; Educação; Emancipação.

Texto completo:

PDF