EDUCAÇÃO EM SAÚDE: UMA ESTRATÉGIA NO CUIDADO COM IDOSOS HIPERTENSOS

Hartenisa Andrade Santos, Sâmea Cristina Santos Gomes, Raina Jansen Cutrim Propp Lima

Resumo


O envelhecimento da população suscita a promoção da saúde por meio de programas e políticas de saúde voltadas para o enfrentamento das doenças crônicas como a hipertensão arterial. O estudo teve como objetivo sensibilizar os idosos e os seus cuidadores por meio de ações de Educação em Saúde direcionadas à prevenção dos agravos ligados à Hipertensão Arterial. Trata-se de um estudo descritivo, de intervenção educativa realizada com moradores de um bairro do município de Grajaú MA, 65 idosos participaram do estudo, e a partir dos resultados, direcionou-se o processo educativo aos idosos e seus cuidadores, sobre comportamentos preventivos relacionados com hipertensão arterial. O momento educativo contou com a participação de 103 pessoas, dentre as quais 42 cuidadores. Todos os envolvidos participaram ativamente das atividades, demonstrando uma compressão dos temas trabalhados. A população mostrou-se disponível e sensível com as ações propostas e
desenvolvidas, sendo o processo educativo realizado numa abordagem horizontal, configurando a busca pelo empoderamento da comunidade acerca das questões abordadas, e enfatizando que a educação em saúde pode levar à promoção da saúde e consequentemente, a uma qualidade de vida para os idosos hipertensos.
Palavras-chave: Educação em Saúde; Promoção da Saúde; Idoso; Hipertensão Arterial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18817/pef.v23i1.1660