Incidência de sanguessugas em siris do gênero Callinectes no extremo norte da Bahia

Daniel Argôlo Santos, Leonardo Cruz da Rosa

Resumo


Os siris são organismos com elevado grau de adaptação a diferentes ambientes, sendo assim suceptíveis a uma variedade de doenças e de parasitas, as quais podem causar-lhes a morte ou diminuir seu valor comercial. O objetivo deste trabalho foi avaliar a incidência de infestação por sanguessugas em siris do gênero Callinectes capturados e comercializados no extremo norte da Bahia. Dos 66 indivíduos analisados nas duas coletas, 65 eram Callinectes bocourti e apenas um Callinectes sapidus. A presença de sanguessugas foi observada em 36% dos siris analisado e o grau de infestação variou de um a seis sanguessugas por indivíduo. Já a presença de casulos foi observada em 86% dos indivíduos. Essa alta incidência de infestação pode estar relacionada a forma de condicionamento pelo pescador, podendo influenciar no valor de mercado do produto.

Texto completo:

PDF


Catálogos, Portais, Bases Bibliográficas, Índices e Sistemas de Indexação http://sumarios.org/sites/default/files/zeropoint_logo.png https://www.abecbrasil.org.br/novo/wp-content/uploads/2015/09/Banner-com-movimento-de-entrada-de-seta.gif