Projecções cinematographicas: o cinema nas crônicas do pré-modernismo brasileiro

Maurício Silva

Resumo


O presente artigo analisa a representação do cinema na literatura brasileira pré-modernista (contos, crônicas, romances e poesia), numa época em que o cinema estava apenas iniciando seu longo percurso no cenário cultural brasileiro. Trata-se, portanto, de uma abordagem, por meio da cultura e da história, do processo de modernização da cidade e da sociedade brasileiras.


Texto completo:

PDF

Refer?ncias


ARAÚJO, Rosa Maria Barboza de. A Vocação do Prazer. A Cidade e a Família no Rio de Janeiro Republicano. Rio de Janeiro, Rocco, 1993.

ARAÚJO, Vicente de Paula. A Bela Época do Cinema Brasileiro. São Paulo, Perspectiva, 1976.

BERNARDET, Jean-Claude. "Acreditam os Brasileiros nos seus Mitos? O Cinema Brasileiro e suas Origens". Revista Usp, São Paulo, No. 19: 17-23, Set./Out./Nov. 1993.

BOURGIN, Georges. La Troisième République. 1870-1914. Paris, Armand Colin, 1967.

CÂNDIDO, Antonio. "Radicais de Ocasião". Teresina etc. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1980, p. 83-94.

CARVALHO, Elysio de. As Modernas Correntes Esthéticas na Literatura Brazileira. Rio de Janeiro, Garnier, 1907.

_____. Five o Clock. Rio de Janeiro, Garnier, 1909.

FABRIS, Mariarosaria. Cinema: da Modernidade ao Modernismo. In: FABRIS, Annateresa (org). Modernidade e Modernismo no Brasil. Campinas, Mercado de Letras, 1994, p. 97-110.

LIMA, Alceu Amoroso. O Jornalismo como Gênero Literário. São Paulo, Com-Arte/Edusp, 1990.

METZ, Christian. A significação do cinema. São Paulo, Perspectiva, 2004

NEEDELL, Jeffrey D. Belle Époque tropical: sociedade e cultura de elite no Rio de Janeiro na virada do século. São Paulo, Companhia das Letras, 1993.

NETO, Coelho. Conversas. Contos Dialogados. Rio de Janeiro, Annuario do Brasil, 1922a.

_____. O Meu Dia. Porto, Lello & Irmão, 1922b.

_____. O Polvo. São Paulo, Jornal do Comércio, 1924.

OLINTO, Antônio. Jornalismo e Literatura. Rio de Janeiro, Imprensa Nacional, 1955.

PRADO, Antonio Arnoni. Lauréis Insígnes no Roteiro de 22. São Paulo, FFLCH/USP, 1979 (Tese de Doutorado).

RAMA, Angel. A cidade das letras. São Paulo, Boitempo, 2015.

RIO, João do. Cinematoghrapho (Chronicas Cariocas). Porto, Chardron, 1909.

SÜSSEKIND, Flora. Cinematógrafo de Letras. Literatura, Técnica e Modernização no Brasil. São Paulo, Companhia das Letras, 1987.

ZIMERMANN, Giovana Aparecida. O lugar do outro: a imagem dos traçados urbanos como técnica de separação. Outra travessia, Florianópolis, Universidade Federal de Santa Catarina, No. 08: 45-53, 2009.

WEBER, Eugen. França fin-de-siècle. São Paulo, Companhia das Letras, 1989.


Apontamentos

  • N?o h? apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Universidade Estadual do Maranhão - UEMA

Campus Caxias

Departamento de Letras