CRÍTICA E HISTORIOGRAFIA LITERÁRIA BRASILEIRAS

Resumo

Os estudos literários brasileiros, depois de manifestações esparsas no período colonial, representadas pela atividade de academias literárias fundadas no século XVIII, só se expandiram efetivamente ao longo do século XIX. A produção literária nacional cresceu em quantidade e qualidade, assim como os estudos literários, que, por um lado, eram demandados por esta produção – a qual, afinal de contas, necessitava ser estudada e avaliada -, mas, por outro lado, estimulavam esta criatividade, ao estabelecerem como critério de valor o alinhamento da ficção, poesia e dramaturgia com a agenda nacionalista. Como resultado, de 1820 a 1880, os estudos literários no Brasil passaram por um período de expansão e diversificação. Se nos anos 1800 a educação literária foi conduzida no ensino de segundo grau, de 1930 em diante cursos de literatura em nível universitário começaram a estabelecer-se no Brasil. Neste artigo, faremos uma breve introdução à crítica e à historiografia literária brasileira, desde seus primórdios até o presente.

Biografia do Autor

Roberto Acízelo de Souza, UERJ

Professor de Teoria da Literatura de 1977 a 2002 na Universidade Federal Fluminense, atualmente é professor titular de Literatura Brasileira da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Dedica-se à Literatura Brasileira e à Teoria da Literatura, com interesse especial na história e nos fundamentos conceituais dos estudos literários, bem como na historiografia da literatura brasileira. Mestre em Letras - Teoria da Literatura/UFRJ e doutor em Letras - Teoria da Literatura/ UFRJ, fez estudos de pós-doutorado na área de Literatura Brasileira/USP. 

José Luís Jobim, UFF

Mestre e doutor em Letras/UFRJ. Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal Fluminense e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Literatura (Nota 6, CAPES). Membro do Comitê de Pesquisa da International Comparative Literature Association (comitê administrativo da ICLA encarregado de avaliar novas propostas para comitês de pesquisa ad hoc da ICLA 2016-2019).

Publicado
2020-07-06
Como Citar
de SouzaR. A.; JobimJ. L. CRÍTICA E HISTORIOGRAFIA LITERÁRIA BRASILEIRAS. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, v. 4, n. 1, p. 268-280, 6 jul. 2020.
Seção
Dossiê Temático