O PROCESSO DE CRIAÇÃO DE UM JOGO DIDÁTICO SOBRE O LIVRO A CIDADE DAS DAMAS DE CHRISTINE DE PIZAN (1363-1430)

Autores

  • Francielle Fernandes dos Santos Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Edla Eggert Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.18817/pef.v27i1.2950

Resumo

Esse artigo apresenta brevemente alguns aspectos biográficos de Christine de Pizan, autora do livro, A cidade das damas, publicado no ano de 1405, em Paris e, na sequência, descreve as fases da criação de um jogo didático. Ele foi planejado para um público dos anos finais do ensino fundamental e primeiro ano do Ensino Médio. A descrição do processo de planejar e confeccionar esse jogo, como apoio didático para aulas de história para o ensino básico, tem por objetivo o registro de uma atividade de Iniciação Científica no âmbito das atividades realizadas no conjunto de uma pesquisa mais ampla. A confecção de peças, a arte do tabuleiro, as cartas e as regras do jogo envolveram colegas e docentes do curso de História e Pedagogia, bem como o Grupo de Pesquisa Educacão, Gênero e Trabalho Artesanal, vinculados ao PPGEdu da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

                                                             

Palavras-chave: Processo de Criação, Mulheres na Idade Média, Ensino Fundamental, Jogo Didático.

Biografia do Autor

Francielle Fernandes dos Santos, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Graduada em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, bolsista de IC, CNPq (2018-2020)

Edla Eggert, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Pós-Doutorado no Programa de Estudios de la Mujer da Univesidad Autónoma Metropolitana de Xochimilco, Ciudad de México, M; Doutora em Teologia pela Escola Superior de Teologia, RS.  Professora na Escola de Humanidades da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e pesquisadora 1 D - CNPq.

Downloads

Publicado

2022-08-24