PRESERVAÇÃO DAS FACES E TEORIA DA POLIDEZ NAS INTERAÇÕES DISCURSIVAS EM COMENTÁRIOS AVALIATIVOS DO GOOGLE MAPS, ACERCA DE BARES TERESINENSES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v4i1.2151

Resumo

Este trabalho objetiva analisar as interações em comentários avaliativos da plataforma Google Maps, na perspectiva das estratégias de polidez e preservação das faces. Para tanto, iremos nos apoiar nos estudos de Brown e Levinson (1987) que abordam as noções das faces, complementando os estudos do sociólogo Goffman (1967) no que concerne as estratégias de ameaça e preservação das faces dos interlocutores, e também iremos tomar por base as estratégias de polidez que Brown e Levinson elencam. Iremos discorrer sobre a possível definição do termo pragmática, resgatando a noção de interação verbal, buscando associá-la aos estudos das faces e as estratégias de polidez ao longo do artigo. Sobre os resultados obtidos das análises, a conclusão que se chega é de que os representantes que falam em nome do estabelecimento, ora buscam romper e salvar a todo instante algumas faces, em um intuito específico, ou em prol do bem-estar do cliente, atribuindo-lhe razão, ora tiram-lhe a razão, com o objetivo de salvar a sua imagem positiva enquanto estabelecimento comercial. Esse jogo de interação entre locutor e interlocutor recai sobre a preservação da imagem, que se constrói nas relações entre os participantes que vão sendo estabelecidas e isso necessita de uma preservação das faces e das estratégias de polidez em qualquer contexto de comunicação e interação.

Biografia do Autor

Iara Silva de Souza, Universidade Federal do Piauí

Mestranda do programa de pós-graduação em Letras da Universidade Federal do Piauí- UFPI (biênio 2019-2021).Graduada em Letras Português pela Universidade Federal do Piauí, membro do Núcleo de Estudo e Pesquisas em Análise do Discurso (NEPAD- UFPI), desenvolvendo pesquisas relacionadas às representações sociais, ethos e discurso literário.

Downloads

Publicado

2020-07-06

Como Citar

SILVA DE SOUZA, I. PRESERVAÇÃO DAS FACES E TEORIA DA POLIDEZ NAS INTERAÇÕES DISCURSIVAS EM COMENTÁRIOS AVALIATIVOS DO GOOGLE MAPS, ACERCA DE BARES TERESINENSES. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 333-350, 2020. DOI: 10.18817/rlj.v4i1.2151. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2151. Acesso em: 2 dez. 2020.