"LITERATURA É ÓCIO": DIMENSÕES ESTÉTICAS DO MODELO ACADÊMICO NA LITERATURA BRASILEIRA DO INÍCIO DO SÉCULO XX

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v4i1.2217

Resumo

O presente artigo analisa o contexto cultural do pré-modernismo brasileiro, destacando o processo de canonização do autor pela historiografia literária e revela outros aspectos estéticos e literários da Literatura Brasileira. Além disso, este artigo analisa as possíveis relações entre autores pré-modernistas e a Academia Brasileira de Letras, durante a passagem do século XIX para o XX.

Biografia do Autor

Maurício Silva, Universidade Nove de Julho

Mauricio Silva possui doutorado e pós-doutorado em Letras Clássicas e Vernáculas pela Universidade de São Paulo; é professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação (Capes 5), na Universidade Nove de Julho (São Paulo); atuou como pesquisador da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro (2012 a 2013) e como pesquisador-residente da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, da Universidade de São Paulo (2016-2017).

Downloads

Publicado

2020-07-06

Como Citar

SILVA, M. "LITERATURA É ÓCIO": DIMENSÕES ESTÉTICAS DO MODELO ACADÊMICO NA LITERATURA BRASILEIRA DO INÍCIO DO SÉCULO XX. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 76-96, 2020. DOI: 10.18817/rlj.v4i1.2217. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2217. Acesso em: 2 dez. 2020.

Edição

Seção

Dossiê Temático