A COMUNICAÇÃO NA ERA DIGITAL

AS GÍRIAS DAS REDES SOCIAIS

Autores

  • Carlos Roberto Gonçalves da Silva Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
  • Luciene Maria Patriota Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v4i02.2270

Resumo

Resumo: Este trabalho teve como objetivo geral analisar as principais gírias que circulam no meio digital, sobretudo nas redes sociais, e sua importância para a comunicação nesse ambiente. Como objetivos específicos, buscamos: 1) identificar as principais gírias que circulam nas redes sociais Facebook e WhatsApp; 2) verificar a importância do conhecimento desse vocabulário específico para a comunicação nessas redes; e 3) observar se essas gírias podem ser classificadas como sendo de grupo ou comum. Como bases teóricas, pautamos nossas análises em autores como Galli (2005) e Marcuschi (2005), acerca da Era Digital e da comunicação que nela surge, além de Preti (1984; 2000; 2004) sobre as gírias e Moreira e Januário (2014) sobre as redes sociais. Metodologicamente, esta foi uma pesquisa descritivo-interpretativa, com abordagem qualitativa, cujo corpus de análise foi composto por gírias presentes em publicações e conversas nas redes sociais supracitadas, com o ocultamento dos nomes de usuários, além de um questionário online. Os resultados mostraram que o conhecimento das gírias que circulam nas redes sociais é de extrema importância para a interação nesses ambientes. Com este estudo, situamos a gíria como importante componente da interação verbal nas redes sociais, distanciando-se de uma perspectiva prescritiva e normativa frente a esse uso, mas mostrando-a como um elemento linguístico essencial para a interação nestes meios.

Palavras-chave: Comunicação Mediada pelo Computador. Redes Sociais. Gírias. Interação.

Downloads

Publicado

2021-01-10

Como Citar

GONÇALVES DA SILVA, C. R.; PATRIOTA, L. M. . A COMUNICAÇÃO NA ERA DIGITAL: AS GÍRIAS DAS REDES SOCIAIS. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 4, n. 02, p. 54-72, 2021. DOI: 10.18817/rlj.v4i02.2270. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2270. Acesso em: 30 jul. 2021.