SOBRE ORIGEM, NACIONALIDADE E LITERATURAS POSSÍVEIS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v4i1.2304

Resumo

A escrita da história da literatura brasileira tem seu início no século XIX, quando historiadores estrangeiros, ao analisar a produção literária portuguesa, registraram autores e obras produzidos no Brasil. Sob a condição de dependência, decorrente da situação política, a literatura e a história da literatura que daí decorreu, teve a marca do peso histórico, associando produção e condições de produção. Sem literatura, porém, os historiadores olharam mais para o futuro do que para o passado, do que resulta uma história singular. Dentre esses historiadores, Ferdinand Denis assume o papel de pioneiro, de modo que falar de história da literatura brasileira, na contemporaneidade, é recorrer ao passado para neles buscar entender as “literaturas possíveis” que o Brasil apresenta. 

Biografia do Autor

Maria Eunice Moreira, PUCRS

Professora titular da Escola de Humanidades - Letras da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, graduada em Letras e em Ciências Jurídicas e Sociais. Especialista em Teoria Literária/PUCRS; Mestre em Linguística e Letras (Teoria Literária)/PUCRS e doutora em Linguística e Letras (Teoria Literária) pela PUCRS. Também é especialista em Língua e Literatura Espanhola pelo Instituto de Cooperación Iberoamericana. É membro do Centro de Literaturas de Expressão Portuguesa (CLEPUL) das Universidades de Lisboa.

Arthur Beltrão Telló, PUCRS

Graduado em Letras Português e Latim/UFRS; mestre em Escrita Criativa/PUCRS, atualmente atua como professor de Latim, Grego, Literatura e Escrita Criativa na Escola de Humanidades da PUCRS, além de lecionar Literatura, Redação e Grego em escolas e cursos privados. Doutorando em Teoria da Literatura na PUCRS. 

Downloads

Publicado

2020-07-06

Como Citar

MOREIRA, M. E.; TELLÓ, A. B. SOBRE ORIGEM, NACIONALIDADE E LITERATURAS POSSÍVEIS. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 215-229, 2020. DOI: 10.18817/rlj.v4i1.2304. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2304. Acesso em: 2 dez. 2020.

Edição

Seção

Dossiê Temático