A CONSTRUÇÃO DA NARRATIVA “UMA VIAGEM AO INFERNO”, DE BERILO NEVES, PELOS PRESSUPOSTOS DA TEORIA DO CONTO, EM EDGAR ALLAN POE

Autores

  • Cleane da Silva de Lima Universidade Federal do Piauí-UFPI
  • Luzimar Silva de Lima Universidade Federal do Piauí-UFPI

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v4i02.2396

Resumo

O presente artigo analisa a unidade de efeito no conto “Uma viagem ao inferno”, de Berilo Neves na perspectiva da Teoria do conto, de Edgar Allan Poe. Para tanto, utilizou-se o método hipotético-dedutivo com pesquisas bibliográficas, tendo como teóricos basilares Poe (2011), Cortázar (2006) e Gotlib (1990), os quais estudam a estrutura do conto enquanto texto, criação, valor e estética. Desse modo, a construção do conto gira em torno dos assuntos instigantes sobre o inferno e a conotação do referido lugar por meio da intenção do conto em gerar o máximo de efeito em seu leitor, afirmando o valor estético e criativo da narrativa.

 

Biografia do Autor

Cleane da Silva de Lima, Universidade Federal do Piauí-UFPI

Mestre em Literatura pela Universidade Federal do Piauí-UFPI

Luzimar Silva de Lima, Universidade Federal do Piauí-UFPI

Doutoranda em Literatura pela Universidade Federal do Piauí-UFPI

Downloads

Publicado

2021-01-10

Como Citar

CLEANE DA SILVA DE LIMA; LUZIMAR SILVA DE LIMA. A CONSTRUÇÃO DA NARRATIVA “UMA VIAGEM AO INFERNO”, DE BERILO NEVES, PELOS PRESSUPOSTOS DA TEORIA DO CONTO, EM EDGAR ALLAN POE. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 4, n. 02, p. 115-130, 2021. DOI: 10.18817/rlj.v4i02.2396. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2396. Acesso em: 30 jul. 2021.