ANTONIN ARTAUD E JOSÉ SARAMAGO: CAOS E COSMOS

Autores

  • Adeilton Lima Silva UnB

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v5i01.2586

Resumo

O presente artigo analisa duas obras fundamentais para a compreensão de temáticas importantes da era industrial e tecnológica. Para Acabar com o Julgamento de Deus (1948), de Antonin Artaud e O Ano de 1993 (1975), de José Saramago. Propõe-se uma reflexão sobre a degradação humana, as guerras e invasões territoriais por recursos energéticos, os problemas ambientais associados à crise climática, à degradação social, econômica e política no planeta. Os paradoxos do avanço tecnológico e as suas consequências, como o desemprego e a fome, a reconfiguração das sociedades e os processos migratórios. Também os movimentos sociais, culturais e antirracistas diante da ascensão do neofascismo numa articulação com o conceito de necropolítica proposto pelo filósofo Achile Mbembe.

Palavras-chave: Necropolítica. Guerras. Humanidade. Neofascismo. crueldade.

Biografia do Autor

Adeilton Lima Silva, UnB

Adeilton Lima é ator e professor de literatura, teatro e cinema, com graduação em Letras, mestrado em Teoria Literária e doutorado em Artes, pela Universidade de Brasília. Há 32 anos, atua em Brasília onde é conhecido pelo trabalho direcionado para a poesia e pelos solos de investigação teatral como A Conferência, de sua própria autoria, Diário de um Louco, de Nicolai Gogol e Para Acabar com o Julgamento de Deus, de Antonin Artaud, que acaba de completar 26 anos de estrada.  Estreou recentemente seu novo espetáculo Glauber Rocha, O Profeta do Delírio.  Lançou, em 2016, seu primeiro livro de poesias com o título Sempre Diga Eu te Amo da Boca pra Dentro.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

SILVA, A. L. ANTONIN ARTAUD E JOSÉ SARAMAGO: CAOS E COSMOS. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 5, n. 01, p. 198-207, 2021. DOI: 10.18817/rlj.v5i01.2586. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2586. Acesso em: 21 set. 2021.