HISTÓRIA E LITERATURA: UM DIÁLOGO POSSÍVEL COM O ROMANCE PIUM DE ELI BRASILIENSE

Autores

  • Maria de Fátima Oliveira UEG
  • Larissa dos Santos Freitas UEG

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v5i2.2696

Resumo

O presente artigo busca analisar a relação entre a História e a Literatura no romance Pium, do escritor Eli Brasiliense. O estudo tem como embasamento teórico autores que defendem ser esse diálogo viável e vantajoso para as duas áreas do conhecimento. Contudo, nem sempre essa relação foi um consenso, ficando a literatura à margem das fontes históricas por um longo tempo, mas este cenário foi modificado principalmente a partir da escola dos Annales, que passou a considerá-la importante para investigar com maior amplitude a história e a sociedade, devido a aceitação e inserção de novos objetos, novas abordagens e consequentemente com a aceitação de novas fontes, dando ênfase à História Cultural. A hipótese que se levanta é a de que o diálogo entre a História e a Literatura é muito profícuo na obra de Brasiliense e que por meio do romance Pium é possível conhecer aspectos econômicos, políticos e culturais da região no período. 

Downloads

Publicado

2021-12-22

Como Citar

OLIVEIRA, M. de F.; FREITAS, L. dos S. HISTÓRIA E LITERATURA: UM DIÁLOGO POSSÍVEL COM O ROMANCE PIUM DE ELI BRASILIENSE. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 229-247, 2021. DOI: 10.18817/rlj.v5i2.2696. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2696. Acesso em: 25 jan. 2022.