A MULHER NA LITERATURA PIAUIENSE: ANÁLISE DA CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA E DOS VESTÍGIOS MEMORIALÍSTICOS NA ESCRITA POÉTICA DE LUIZA AMÉLIA DE QUEIROZ

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v6i1.2810

Resumo

Esta investigação traz um estudo sobre a mulher na literatura piauiense com o propósito de ressignificar e resgatar as primeiras manifestações literárias no cenário da literatura de expressão piauiense, dando ênfase à produção poética de Luiza Amália de Queiroz. Para isso, elegeu-se a obra Flores Incultas (1875), dando enfoque à construção identitária da mulher, submetida ao restrito contexto do século XIX. Quanto à metodologia, esta pesquisa é bibliográfica de cunho qualitativo-interpretativo, visando a possibilidade de construção de sentidos através da interpretação dos poemas analisados. Esse estudo qualitativo toma como base, a análise de conteúdo, técnica empírica de análise dos dados, método apresentado por Laurence Bardin (1997). A fim de delimitarmos o objeto de estudo, elegemos quatro poemas, a saber: A mulher, Não sou poeta, Conselhos e Lira dormente. Nesses poemas, depreendemos a análise temática sobre o desconforto sentido pela autora em relação às condições das mulheres inseridas em seu contexto sócio-histórico. Os resultados desta pesquisa apontam que os poemas analisados trazem em seus versos o protagonismo feminino e a representação da mulher na literatura de expressão piauiense. A autora se apropria do discurso poético a partir do seu lugar de atuação e da sua situação de produção com o propósito de construir uma identidade feminina com multifacetados papéis sociais. 

Biografia do Autor

Arissandra Andreia Santos, UEMA

Mestranda em Letras pela Universidade Estadual do Maranhão-UEMA(2022), graduada em
letras pela Universidade Federal do Piauí-UFPI (2021). Pesquisadora do Grupo de Estudo e
Pesquisa em meio Ambiente, Desenvolvimento e Cultura (GEPEMADEC) e do Laboratório de
Estudos do Imaginário (LEI) e Bolsista FAPEMA-UEMA

Josenildo Campos Brussio , Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Doutor em Psicologia Social (UERJ), professor do Mestrado em Letras da UEMA. Professor Associado I do Curso de Licenciatura em Ciências Humanas/Sociologia, no Centro de Ciências de São Bernardo, da Universidade Federal do Maranhão. Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Meio Ambiente, Desenvolvimento e Cultura (GEPEMADEC) e do Laboratório de Estudos do Imaginário (LEI).

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

SANTOS, A. A.; BRUSSIO , J. C. . A MULHER NA LITERATURA PIAUIENSE: ANÁLISE DA CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA E DOS VESTÍGIOS MEMORIALÍSTICOS NA ESCRITA POÉTICA DE LUIZA AMÉLIA DE QUEIROZ. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 284-299, 2022. DOI: 10.18817/rlj.v6i1.2810. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2810. Acesso em: 20 ago. 2022.