O DEVER DE CONTAR: AS VARIADAS FORMAS DE NARRATIVAS DE RECONSTRUÇÃO DA GUERRILHA DO ARAGUAIA A PARTIR DA ORALIDADE CAMPONESA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v6i1.2828

Resumo

Tem sido, especialmente depois da sanção da Lei de Acesso à Informação e da criação da Comissão Nacional da Verdade, crescente a produção acadêmica sobre a Guerrilha do Araguaia. É significativa a disponibilidade de documentos em arquivos públicos do Estado e em arquivos de organismos independentes, como a Fundação Maurício Grabóis, e até particular tornado público, como o arquivo Memórias Reveladas, de Aluízio Ferreira Palmar. Nesse artigo, dialogando com os documentos e a produção bibliográfica, se pretende socializar resultados de pesquisas realizadas a partir do Programa Alvorecer em que se priorizou a memória de homens e mulheres camponeses, especialmente aqueles da Vila Santa Cruz dos Martírios, no município de São Geraldo do Araguaia, PA e daqueles, também camponeses, que integraram as forças armadas. Buscamos no cotidiano, inclusive nas vivências do sagrado, captar como as famílias, atravessadas pela violência, viviam e resistiam no Araguaia-Tocantins

Biografia do Autor

Moisés Pereira da Silva, Universidade Federal do Norte do Tocantins

Professor adjunto do Colegiado de História e do Mestrado Profissional em Ensino de História da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Doutor em História Social (PUC-SP) e mestre em história (UFG); especialização em História e Cultura Afro-Brasileira (FINOM) e especialização em Diversidade, Cidadania e Direitos (UFG). Graduado em História (UEG) e Pedagogia (UEG). Participa dos grupos de pesquisa: CAPITALISMO E HISTÓRIA - Instituições, Cultura e Classes Sociais - UFG ; Grupo Trabalho Escravo Contemporâneo (GPTEC) - UFRJ e CLIO & MNEMÓSINE - CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM HISTÓRIA ORAL E MEMÓRIA - IFMA.

Rony de Oliveira, Universidade Federal do Norte do Tocantins

Cursa Licenciatura em História pela Universidade Federal do Norte do Tocantins.

Maria Leal Pinto, Universidade Federal do Norte do Tocantins

Possui Graduação em História pela Universidade Estadual de Goiás

Mestrado em Estudos de Cultura e Território ´pela Universidade Federal do Norte do Tocantins

Doutoranda em Linguística e Literatura pela Universidade Federal do Norte do Tocantins

Kallyel Henrik Silva Marques, Universidade Federal do Norte do Tocantins

Cursa Licenciatura em História pela Universidade do Norte do Tocantins

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

PEREIRA DA SILVA, M.; DE OLIVEIRA, R.; LEAL PINTO, M.; SILVA MARQUES, K. H. O DEVER DE CONTAR: AS VARIADAS FORMAS DE NARRATIVAS DE RECONSTRUÇÃO DA GUERRILHA DO ARAGUAIA A PARTIR DA ORALIDADE CAMPONESA. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 373-398, 2022. DOI: 10.18817/rlj.v6i1.2828. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2828. Acesso em: 20 ago. 2022.