REVISTA QUIXOTE E A LITERATURA AFRO LATINO AMERICANA EM “CONHEÇA A AMÉRICA, AMIGO!”, DE SÍLVIO DUNCAN

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v6i3.2988

Resumo

A presente pesquisa analisa a presença da literatura afro hispano-americana no texto “Conheça a América, amigo!”, de Sílvio Duncan, publicado na revista Quixote no.2 (1948). O ensaio de Duncan (1948) demonstra e defende um dos objetivos da produção do grupo Quixote e de sua revista, que é o de maior divulgação da literatura hispano-americana realizada pelos demais países latino-americanos, ao destacarem o seu desconhecimento e o maior predomínio e valorização das literaturas lusitana e francesa no Rio Grande do Sul no final da década de 1940 e início de 1950 no século XX. Neste caso, o foco do artigo é analisar como o autor defende a reivindicação de maior divulgação e conhecimento da literatura afro-latino-americana em um contexto em que a literatura eurocêntrica era mais valorizada, e, por isso, discorre as afirmações do texto em questão e expõe as ações efetuadas pelo grupo para este fim ao longo de sua trajetória. Como fundamentação crítica e teórica, nos ancoramos em Miguel de Unamuno (1913), Walsh (2012), a teoria da Educação Decolonial, e em Regina Zilbermann (1982).

Biografia do Autor

Aline Venturini, IFPR-Pinhais/UFRGS

Possui graduação em LETRAS pela Universidade de Passo Fundo (2002), graduação em Letras - Lingua Espanhola e suas Literaturas pela Universidade de Passo Fundo (2009), mestrado e doutorado (2019) em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura, jorge luís borges, literatura brasileira, dom quixote e ideologia.

Downloads

Publicado

2022-10-13

Como Citar

VENTURINI, A. . REVISTA QUIXOTE E A LITERATURA AFRO LATINO AMERICANA EM “CONHEÇA A AMÉRICA, AMIGO!”, DE SÍLVIO DUNCAN. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 6, n. 3, p. 51-65, 2022. DOI: 10.18817/rlj.v6i3.2988. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2988. Acesso em: 28 nov. 2022.