ANÁLISE DA OBRA DE FICÇÃO CIENTÍFICA JUVENIL O CIDADÃO INCOMUM, DE PEDRO IVO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v8i1.3399

Resumo

Esse artigo tem por objetivo analisar o romance juvenil O cidadão incomum, escrito e ilustrado por Pedro Ivo, publicado em sua primeira edição em 2013 e selecionada no programa PNLD Literário 2020. Nesse sentido, discute como a narrativa apresenta elementos da ficção científica destinados ao público juvenil, investigando sua construção no que diz respeito a esse gênero, com ênfase para as inovações do projeto gráfico e da temática, visto que a obra aborda a violência social, tema muito discutido e presente na sociedade contemporânea. Ademais, abarca uma análise de aspectos de hibridização que envolvem a presença de características de outros gêneros literários que se mesclam ao romance, como das histórias em quadrinhos e o e-mail. Os fundamentos teóricos partem dos estudos de Roberts (2018); Colomer (2017); Ceccantini (2010) e Luft (2010). Os resultados apontam para um romance que traz discussões sobre as relações de poder e a violência na sociedade brasileira contemporânea partindo da figura do herói, que já não é mais um herói nacional sem falhas, mas sim um cidadão que está inserido num contexto adverso.

Biografia do Autor

Maria Ester Pereira Soares , UFPB

Graduanda em Letras - Língua Portuguesa, pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Atualmente é bolsista do PIBIC A Literatura Juvenil Brasileira no Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD/Literário 2020): Mutações, inovações e tendências, coordenado pela Profa. Dra. Daniela Maria Segabinazi, analisando as Rupturas estruturais e recursos visuais no gênero poético, no livro de imagem e em histórias em quadrinhos (HQs). Atuou como voluntária do PROBEX Cultura Literária na escola: para ler, ouvir, ver e sentir, realizando Círculos de leitura literária com estudantes da rede púbica de João Pessoa. Desenvolve pesquisas nas áreas de Poesia Juvenil, Ensino de Literatura e Literatura Juvenil.

Kamila Pedrosa Soares , UFPB

Graduanda em Letras Português pela Universidade Federal da Paraíba, atualmente desenvolve pesquisa na área de Literatura Juvenil Brasileira no Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD/LITERÁRIO) analisando as obras, os seus Núcleos temáticos e o cenário de representação juvenil contemporânea no PNLD LITERÁRIO 2020. Sua pesquisa anterior envolviam análises de obras do PNLD LITERÁRIO 2020 a partir de suas inovações na estrutura narrativa. Atua também como voluntária no projeto de extensão PROBEX Cultura Literária na escola: para ler, ouvir, ver e sentir, onde desenvolve oficinas de práticas de leitura, rodas de conversa e círculos de leitura com alunos da rede pública de João Pessoa, mediação em formações com professoras do ensino fundamental de escolas públicas no estado da Paraíba. Seus estudos e pesquisas se concentram na área de Literatura Juvenil, Literatura no Espaço Escolar, Inovações na Literatura Juvenil Brasileira Contemporânea, Estratégias de Leitura, Círculos de Leitura e Práticas Pedagógicas com Ênfase em Literatura Infantil e Juvenil, Ensino de Literatura, Formação de Professores, Leitura e Letramento Literário.

Daniela Maria Segabinazi, UFPB

Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa (Licenciatura Plena) pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (1994), graduação em Direito pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (1995); mestrado em Letras - Teoria da Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2000) e doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (2011), vinculado a área de Literatura, Teoria e Crítica, linha Leituras Literárias. Atualmente integra o quadro de professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com dedicação exclusiva e é líder do grupo de pesquisa "Estágio, ensino e formação docente" (http://www.ufpb.br/geef). Tem experiência na área de Letras e Pedagogia, com ênfase em Literatura infanto juvenil, literatura brasileira, ensino de literatura, estágio supervisionado e formação de professores; atuando principalmente nos seguintes temas: práticas pedagógicas, literatura e ensino, literatura infantil e juvenil, leitura e letramento literário.

Downloads

Publicado

2024-03-28 — Atualizado em 2024-03-28

Versões

Como Citar

PEREIRA SOARES , M. E.; PEDROSA SOARES , K.; SEGABINAZI, D. M. ANÁLISE DA OBRA DE FICÇÃO CIENTÍFICA JUVENIL O CIDADÃO INCOMUM, DE PEDRO IVO . REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 56–73, 2024. DOI: 10.18817/rlj.v8i1.3399. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/3399. Acesso em: 21 abr. 2024.