LULU OU A HORA DO LOBO: UMA ANÁLISE CRÍTICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v8i1.3426

Resumo

Este artigo tem por objetivo apresentar uma análise crítica de Lulu ou a Hora do Lobo, do escritor português João Pedro Mésseder. A edição analisada é de 2013, publicada, no Brasil, pela editora IMP. Para esta análise, considera-se o conceito de álbum ilustrado (RAMOS, 2011) e a relação temática com a tradição literária brasileira em obras direcionados aos leitores infantis (GREGORIN FILHO, 2012), entre outros aspectos imbricados a esses elementos. A criatividade da obra literária em análise se estabelece na apropriação de aspectos de contos de fadas tradicionais, aproximando-se do reconto, com sucessivas ressignificações que desconstroem estereótipos e instalam possibilidades mais abertas de interpretação do texto.

Biografia do Autor

Thiago Alves Valente, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Graduado em Letras, habilitação em Língua Portuguesa, Alemã e Inglesa, e respectivas literaturas, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP-Assis), em 2001. Pós-graduação na área de "Literatura e vida social": mestrado em Letras pela UNESP-Assis, em 2004; doutorado em Letras pela UNESP-Assis, em 2009. Atualmente é professor da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP-Cornélio Procópio), desenvolvendo atividades de pesquisa nos seguintes temas: Literatura Infantil/Juvenil Brasileira, Teoria Literária e Metodologia do Ensino de Literatura. É membro dos grupos de pesquisa Literatura Juvenil: crítica e história; Leitura e Literatura na Escola. Coordena o GT Leitura e Literatura Infantil e Juvenil, da ANPOLL no biênio 2021-2022. É aluno de pós-doutorado do Programa de Pós-Graduação em Letras (PLE), da Universidade Estadual de Maringá.

Downloads

Publicado

2024-03-28 — Atualizado em 2024-03-28

Versões

Como Citar

VALENTE, T. A. LULU OU A HORA DO LOBO: UMA ANÁLISE CRÍTICA. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 74–85, 2024. DOI: 10.18817/rlj.v8i1.3426. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/3426. Acesso em: 21 abr. 2024.