A construção do monasticismo institucional visigótico no século VII

Alex da Silveira de Oliveira

Resumo


Resumo
Nosso intuito neste trabalho é destacar o contexto no qual a experiência ascética hispânica consolidou-se, partindo da conjuntura inicial hispano-romano e cristalizando-se sobre a influência de feições visigóticas, cenário para o qual muito contribuiu o ímpeto criacionista de Frutuoso de Braga e suas múltiplas abadias. Neste rol, tendeu a aproximar-se dos quadros episcopais e, ainda assim, criar mecanismos próprios de identidade religiosa. Por ser um tema amplo, optamos por destacar um diversificado montante de vestígios recortados em um variado conjunto de fontes nas quais o tema proposto foi tratado, objetivando assim, a produção de uma visão amplificada.

Palavras-chave: monasticismo; reino visigodo

Abstract
Our aim in this paper is to highlight the context which the ascetic Hispanic experience was consolidated it started from the Spanish-Roman initial conjecture and it crystallized the influence of Visigothic features, panorame which greatly contributed for Fructuosus of Bragas creationist moment and its many abbeys. In this moment, he tended to approach the episcopal staff and still create their own mechanisms of religious identity. Being a very broad topic, we chose to highlight a diverse sets of traces cut to a wide range of sources in which the theme was treated, thus aiming at the production of an amplified view.

Keywords: monasticism; Visigothic kingdom

Palavras-chave


monasticismo; reino visigodo

Texto completo:

PDF


Brathair 2016