DO PRESENCIAL AO VIRTUAL: CONSIDERAÇÕES SOBRE AULA REMOTA EMERGENCIAL

Autores

  • Alessandro Costa da Silva Universidade Estadual do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.18817/pef.v25i2.2473

Resumo

Neste trabalho, procurou-se evidenciar a excepcionalidade pela qual as universidades passaram decorrente da COVID19, e quais ações foram desenvolvidas para mitigar os desconfortos da substituição das aulas presenciais por remotas. O texto enfoca as iniciativas da Universidade Estadual do Maranhão no que tange ao uso de ferramentas virtuais para o ensino remoto emergencial. Não se trata apenas de mudar de ensino presencial para o remoto, fazendo uso de tecnologias digitais, mas, sobretudo, de modificar a própria concepção do fazer “ensinar” e de repensar os caminhos para esse aprendizado. Novas experiências no ensino superior presencial precisam ser estimuladas e incrementadas, tornando-se mais inovadora principalmente nos cursos de Licenciatura.

 

Palavras-chave: Aprendizagem, Ferramentas virtuais, Gestão Universitária.

Biografia do Autor

Alessandro Costa da Silva, Universidade Estadual do Maranhão

Doutor em Agronomia e Mestre em Agroquímica, ambos pela Universidade Federal de Viçosa- MG. Professor Adjunto IV do Departamento de Biologia da Universidade Estadual do Maranhão, Brasil.

Downloads

Publicado

2021-01-21