Topônimos escandinavos na Ilhas Britânicas

João Bittencourt de Oliveira

Resumo


Resumo

Dentre as mais notáveis provas do vasto povoamento escandinavo na Inglaterra está o grande número de lugares que trazem nomes escandinavos. As invasões e os povoamentos escandinavos aconteceram durante os séculos IX, X e XI e resultaram num grande número de topônimos de origem escandinava no norte e no leste da Inglaterra. Os Vikings foram para a Grã-Bretanha provenientes de dois países escandinavos, a Dinamarca e a Noruega, os Daneses se fixando principalmente na Ânglia Ocidental, Midlands Ocidental, e numa grande parte de Yorkshire, ao passo que os Noruegueses se concentraram principalmente no noroeste, especialmente em torno das ilhas e costas da Escócia, Irlanda e Inglaterra Oriental (Lancashire e Cúmbria). O nórdico antigo, uma língua da qual tanto o dinamarquês como o norueguês se originaram, era falado (com variantes dialetais) pelos povoadores vikings que ocuparam diversos pontos no norte das Ilhas Britânicas durante a Era Viking (abarcando desde os fins do século VII até o século XI). Na sua estrutura geral, o nórdico antigo era muito semelhante ao inglês saxônico, representando as duas línguas as divisões setentrional e ocidental do germânico num estágio comparável de sua evolução. O objetivo do presente trabalho é apresentar um relato de pesquisas recentes sobre as origens de topônimos escandinavos nas Ilhas Britânicas.

Palavras-chave: Línguas Escandinavas; Toponímia escandinava; Ilhas Britânicas

Abstract

Among the most notable evidence of the extensive Scandinavian settlement in England is the large number of places that bear Scandinavian names. The Scandinavian invasions and settlements took place during the 9th, 10th, and 11th centuries and resulted in many place-names of Scandinavian origin in the North and East of England. The Vikings came to Britain from two Scandinavian countries, Denmark and Norway, the Danes settling principally in East Anglia, the East Midlands, and a large part of Yorkshire, while the Norwegians were mainly concentrated in the North-West, especially around the islands and coasts of Scotland, Ireland and western England (Lancashire and Cumbria). The Old Norse, a language from which both Danish and Norwegian are derived, was spoken (with dialect variations) by the Viking settlers who occupied many places in the north of the British Isles during the Viking Age (spanning the late 8th to 11th centuries). In its general structure Old Norse was very similar to Old English, the two languages representing the northern and western divisions of Germanic at a comparable stage of heir evolution. The aim of the present paper is to give an account of recent researches dealing with the Scandinavian origins of place-names in the British Isles.

Key words: Scandinavian languages; Scandinavian toponymy; British Isles

Palavras-chave


Línguas Escandinavas; Toponímia escandinava; Ilhas Britânicas

Texto completo:

PDF


Brathair 2017 Esta revista recebe o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA)