MORRO DA GAMELA (MONTE HOREBE): DE PARQUE URBANO MUNICIPAL A LUGAR SAGRADO1

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/26755122.26.01.2022.2896

Palavras-chave:

Parques Urbanos. Lugar. Paisagem. Degradação. Sagrado.

Resumo

Este artigo teve como objetivo analisar e pensar o espaço em suas múltiplas formas e representações, tarefa sobre a qual a Geografia e os geógrafos têm se debruçado desde suas origens. Para isso, assumem-se suas variadas escalas e valorações, como diversas categorias de análise, evoluindo na medida em que novos significados vão lhe sendo atribuídos, recriados ou resgatados, frequentemente assentados em ações humanas intencionais, resultados de processos culturais, econômicos, políticos e sociais. Diversos olhares e prismas poderão ser entendidos como as lentes pelas quais serão observados na tentativa de serem compreendidos de maneira interdisciplinar e totalizadora, características basilares da Geografia Humana.

Biografia do Autor

Maicon Lemos Sathler, Instituto Federal do Amapá

Professor do Instituto Federal do Amapá, mestre em Geografi a no PPGG/UFES (Programa de Pós-Graduação em Geografia / Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória (ES).

Este artigo é fruto da pesquisa de mestrado realizada no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Espírito Santo, sobre os espaços sagrados em Vitória – ES.

Ana Lucy Oliveira Freire, Universidade Federal do Espírito Santo-PPGG/UFES

Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Geografi a da Universidade Federal do Espírito Santo-PPGG/UFES, Vitória (ES).

Downloads

Publicado

2022-07-20

Como Citar

Lemos Sathler, M. ., & Oliveira Freire, A. L. . (2022). MORRO DA GAMELA (MONTE HOREBE): DE PARQUE URBANO MUNICIPAL A LUGAR SAGRADO1. Revista Ciência Geográfica, 26(01), 405-420. https://doi.org/10.18817/26755122.26.01.2022.2896

Edição

Seção

ARTIGOS DE ABRANGÊNCIA GERAL