ECOS DA PEDAGOGIA CRÍTICA FREIREANA NAS PERSPECTIVAS CRÍTICAS EM EDUCAÇÃO LINGUÍSTICA DE LÍNGUA INGLESA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v5i2.2671

Resumo

Tendo como principal objetivo problematizar os conceitos de diálogo, colaboração e empoderamento – todos caros à pedagogia crítica difundida por Freire na década de 1970 – e apontar possibilidades outras de atuação crítica, o presente artigo se trata de uma pesquisa bibliográfica (LIMA, MIOTO, 2007), organizada a partir das discussões teóricas mobilizadas na dissertação de Mestrado do primeiro autor (AUTOR1, 2017), revisitadas à luz do cenário atual. O texto está organizado da seguinte maneira: iniciamos a conversa apresentando algumas limitações nos conceitos de diálogo, colaboração e empoderamento empenhados pela pedagogia crítica. Revisitamos esses conceitos partindo das discussões de Ellsworth (1989), Urzêda-Freitas (2012) e Contreras (2012). Trazemos, em seguida, as perspectivas críticas (pedagogia crítica, ensino crítico de línguas e letramento crítico) como possibilidades de atuação na educação linguística crítica em língua inglesa. Por fim, tecemos algumas considerações transitórias a respeito da multiplicidade de teorizações sobre as perspectivas críticas no bojo da Linguística Aplicada Crítica (LAC).

Biografia do Autor

Ricardo Regis de Almeida, UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

Doutorando em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás (UFG), mestre em Educação, Linguagem e Tecnologias pela Universidade Estadual de Goiás (2017) e licenciado em Letras - Português/Inglês e suas respectivas Literaturas (2014) pela mesma instituição. Membro do grupo de pesquisa Transição. Interessa-se pelas áreas de formação de professores de línguas, educação linguística crítica, linguística aplicada crítica e decolonialidade. Atualmente, ocupa o cargo de professor de língua inglesa na Escola Interamérica.

Barbra Sabota, Universidade Estadual de Goiás

Doutora em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás, com estágio de pós-doutoramento pelo Programa de Pós Graduação em Linguística Aplicada da UnB. Docente do curso de Letras Português e Inglês e do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Educação, Linguagem e Tecnologias (PPG-IELT) da Universidade Estadual de Goiás (Unidade de Anápolis - Ciências Socioeconômicas e Humanas - UnUCSEH/UEG). 

Downloads

Publicado

2021-12-22

Como Citar

REGIS DE ALMEIDA, R.; SABOTA, B. . ECOS DA PEDAGOGIA CRÍTICA FREIREANA NAS PERSPECTIVAS CRÍTICAS EM EDUCAÇÃO LINGUÍSTICA DE LÍNGUA INGLESA. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 25-44, 2021. DOI: 10.18817/rlj.v5i2.2671. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2671. Acesso em: 6 jul. 2022.