DIFERENÇAS QUE CARACTERIZAM O DRAMA A STREETCAR NAMED DESIRE E SUA TRADUÇÃO UM BONDE CHAMADO DESEJO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v5i2.2693

Resumo

O objetivo deste artigo é a comparação entre o original em língua inglesa do drama A Streetcar Named Desire, de Tennessee Williams, com a tradução em português, Um bonde chamado Desejo, de Vadim Nikitin, a fim de identificar as categorias linguísticas que apresentam diferenças entre as duas versões. Nos anos noventa, o conceito do tradutor subserviente foi substituído por outro, visivelmente manipulador, entendido como um sujeito inserido em um contexto cultural, ideológico, político e psicológico – não podendo ser ignorado ou eliminado. Como resultado dessas imposições, o tradutor é obrigado a fazer escolhas nem sempre fiéis às da língua do texto original, implicando em diferenças na interpretação do texto. A análise tem o apoio da Linguística Sistêmico-Funcional (LSF), uma proposta teórico-metodológica, de Halliday (1994), Halliday; Matthiessen (2004) e seus colaboradores. Como Martin e White (2005, p. 7) explicam, "a LSF é “um modelo multiperspectivo, designado a dar aos analistas lentes complementares para a interpretação da língua em uso". Os resultados da análise mostram a impossibilidade de uma tradução exata e fiel ao original, devido a dificuldades de natureza tanto referentes à subjetividade do tradutor, quanto às características tipológicas das línguas em confronto.

Biografia do Autor

Gustavo Cardoso Silveira, PUC-SP

Doutorando em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem (PUC-SP); Mestre em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem (PUC-SP); Especialista em Língua Inglesa e Psicopedagogia; Professor de Línguas e Literaturas (português/inglês), Atuando há 18 anos com educação e formação de professores, possui experiência em mentoring e coaching de novos profissionais. Trabalhando com o desenvolvimento de projetos, com a apresentação de workshops e com cursos de formação. Examinador Cambridge ESOL.

Downloads

Publicado

2021-12-22

Como Citar

CARDOSO SILVEIRA, G. DIFERENÇAS QUE CARACTERIZAM O DRAMA A STREETCAR NAMED DESIRE E SUA TRADUÇÃO UM BONDE CHAMADO DESEJO. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 189-207, 2021. DOI: 10.18817/rlj.v5i2.2693. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2693. Acesso em: 28 maio. 2022.