“ANTÔNIO DÓ - SEVERO BANDIDO. MAS POR METADE” REPRESENTAÇÃO DO JAGUNÇO MINEIRO NA CARTOGRAFIA LITERÁRIA DE MANOEL AMBRÓSIO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v6i1.2792

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar o romance Antônio Dó: o bandoleiro das barrancas (1976), do mineiro Manoel Ambrósio Alves de Oliveira (1865 - 1947), a partir do estudo inicial realizado por Francisco de Vasconcellos (1976). Nesse sentido, após pesquisa documental em periódicos e revisão de bibliografia, é possível compreender como o autor construiu uma espécie de cartografia literária do Médio São Francisco no início do século XX, esboçada a partir de um exercício de ficcionalização das memórias sobre os conflitos que envolveram o jagunço Antônio Antunes de França e que, de algum modo, eram também reflexo das perseguições e dissabores sofridos pelo escritor.

Biografia do Autor

Pedro Borges Pimenta Júnior, IFNMG

Possui graduação em Letras/Português pela Universidade Estadual de Montes
Claros (2003) e mestrado em Letras/Estudos Literários pela Universidade
Estadual de Montes Claros (2019). Atualmente é professor do Instituto Federal
de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Tem experiência
na área de Letras, com ênfase em Literatura brasileira, atuando principalmente
nos seguintes temas: educação em prisões, produção literária de Manoel
Ambrósio, regionalismo literário, literatura de Minas Gerais. Coordena o grupo
de pesquisa Cartografias do Médio São Francisco (CNPq). Coordena, desde
2019, o projeto de extensão intitulado "Remição pela leitura", realizado na APAC
- Januária. Orienta trabalhos e realiza pesquisas relacionadas à produção
literária do Médio São Francisco.

Lucivânia Aparecida Rodrigues dos Santos, IFNMG

Possui Licenciatura em Geografia pelo Centro de Educação Integrada do Vale do São Francisco (2010). Pos-graduada em Ensino de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, pelo IFNMG (2021). Atualmente é professora efetiva da educação básica na Escola Municipal de Areião e como professora convocada na Secretaria Estadual de Educação. Tem experiência na área de docência em Geografia, na Educação Básica (Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio).

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

BORGES PIMENTA JÚNIOR, P.; APARECIDA RODRIGUES DOS SANTOS, L. . “ANTÔNIO DÓ - SEVERO BANDIDO. MAS POR METADE” REPRESENTAÇÃO DO JAGUNÇO MINEIRO NA CARTOGRAFIA LITERÁRIA DE MANOEL AMBRÓSIO. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 191-210, 2022. DOI: 10.18817/rlj.v6i1.2792. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2792. Acesso em: 1 out. 2022.