ENTRE O PRESENTE E O PASSADO: A NECESSIDADE DE RECONHECER O “EU” EM ERA MEU ESSE ROSTO, DE MÁRCIA TIBURI

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v6i1.2795

Resumo

Era meu esse rosto de Márcia Tiburi (2014) apresenta aspectos de um romance contemporâneo, memorialístico e filosófico. A obra lança reflexões sobre a constituição de um “eu” latente, a partir do revezamento entre o passado e o presente. Tanto a fase da infância como a da vida adulta são habilmente reverenciadas na narrativa, no entanto nas lembranças da infância do narrador-protagonista não há discernimento suficiente sobre a história de sua família e a interferência sobre o seu “eu”. Mas através de um o afastamento temporal e de um olhar amadurecido, consegue compreender o impacto da gênese familiar na constituição de si. A partir destas considerações, levantamos o seguinte questionamento: Como se dá a representação do “eu” entre o passado e presente? Em vista disso, buscaremos analisar como a recordação da infância atua na narrativa memorialística por meio da reconstituição de imagens, bem como entender a legitimação do “eu” no presente. Para situar teoricamente a análise, recorreremos ao pensamento de Maurice Halbwachs (2006), Ivan Izquierdo (1986), Paul Ricouer (1997), entre outros.

Biografia do Autor

Paulo Eduardo Bogéa Costa, Universidade Estadual do Piauí

Mestrando em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Piauí (PPGL-UESPI). Graduado em Letras Português-Inglês pelo Instituto de Ensino Superior Múltiplo (IESM). Membro do Núcleo de Estudos de Literatura Piauiense – NELIPI e do Grupo de Estudos de Crítica Feminista. E-mail: paulo.bogea@outlook.com.br

Maria do Carmo Moreira de Carvalho, Universidade Estadual do Piauí

Mestranda em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Piauí (PPGL-UESPI). Graduada em Letras Português pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI). E-mail: mariamc91196@gmail.comMestranda em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Piauí (PPGL-UESPI). Graduada em Letras Português pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI). E-mail: mariamc91196@gmail.com

Silvana Maria Pantoja dos Santos, Universidade Estadual do Piauí / Universidade Estadual do Maranhão

Doutora em Teoria Literária e profa. dos Programas de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Piauí - UESPI e da Universidade Estadual do Maranhão - UEMA. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Interdisciplinar em Literatura e Linguagem - LITERLI. Membra do Grupo de Pesquisa Estudos de Paisagem nas Literaturas de Língua Portuguesa. E-mail: silvanapantoja3@gmail.com

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

BOGÉA COSTA, P. E.; MOREIRA DE CARVALHO, M. do C. .; PANTOJA DOS SANTOS, S. M. . ENTRE O PRESENTE E O PASSADO: A NECESSIDADE DE RECONHECER O “EU” EM ERA MEU ESSE ROSTO, DE MÁRCIA TIBURI. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 237-248, 2022. DOI: 10.18817/rlj.v6i1.2795. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2795. Acesso em: 20 ago. 2022.