LITERATURA E HISTÓRIA: A REALIDADE DAS MULHERES ÓRFÃS NO BRASIL COLONIAL NO LIVRO DESMUNDO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v6i1.2835

Resumo

O estudo desenvolve-se a partir da análise interpretativa do livro Desmundo (1996) da escritora Ana Miranda[1]. O propósito é apontar a relevância da narrativa literária para o entendimento da experiência histórica e cultural de mulheres no Brasil colonial. Procura-se articular o diálogo interdisciplinar entre literatura e história, tendo por foco a narrativa do romance acerca da vinda de jovens órfãs de Portugal para o Brasil com o intuito de casamento. Oribela, a narradora-personagem, conta a história colonial a partir do seu ponto de vista, explorando o tema da submissão feminina na sociedade dentro desses marcos históricos. Assim, ao exploramos os diálogos profícuos entre narrativa histórica e narrativa literária, abrimos espaço tanto para problematizar os modos tradicionais de representação do tempo, como também a própria riqueza da obra para o entendimento do universo cultural, social e subjetivos das mulheres no tempo. A metodologia consistirá em uma reflexão interpretativa com base na pesquisa bibliográfica. Como referencial teórico de abordagem, dialogaremos com: Del Priore (1993), Ferreira (2013), White (1994), Burker (1992), Barros (2010), entre outros.

 

[1] A autora se tornou conhecida no cenário literário em 1978, com o livro Poética Anjos e Demônios, depois com Boca do inferno (1989), ganhou o prêmio Jabuti. Outras obras suas, são: O Retrato do Rei (1991), Sem Pecados (1993), A última Quimera (1995), Desmundo (1996), Amrik (1997), Clarice (1998) e Dias & Dias (2002).

Biografia do Autor

Francisca Katrine de Carvalho Souza, Universidade Federal do Maranhão- UFMA

Estudante do curso de Pós-graduação em Letras, Campus Bacabal da
Universidade Federal do Maranhão - UFMA.

Wheriston Silva Neris, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Wheriston Silva Neris, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Campus III/Bacabal.
Doutor em Sociologia pelo Núcleo de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - Universidade Federal de Sergipe (NPPCS/UFS) tem mestrado em Ciências Sociais - PPGCSO/UFMA e possui graduação em História pela Universidade Federal do Maranhão (2007). É professor de Sociologia do Campus III – UFMA/Bacabal e pesquisador vinculado ao Laboratório de Estudos sobre o Poder e a Política - LEP/UFS e ao Grupo de Pesquisa História e Religião - GPHR/UFMA. Seus estudos se concentram nos domínios da Sociologia Histórica do Catolicismo, das formas de Construção Social do Político e da Sociologia Política das Instituições.

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

DE CARVALHO SOUZA, F. K.; SILVA NERIS, W. . LITERATURA E HISTÓRIA: A REALIDADE DAS MULHERES ÓRFÃS NO BRASIL COLONIAL NO LIVRO DESMUNDO. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 444-463, 2022. DOI: 10.18817/rlj.v6i1.2835. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2835. Acesso em: 26 set. 2022.