HISTÓRIA, MEMÓRIA E FICÇÃO EM K.: RELATO DE UMA BUSCA (2011) DE BERNARDO KUCINSKI: O PREFÁCIO COMO CHAVE DE LEITURA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/rlj.v6i1.2840

Resumo

O presente trabalho possui como objetivo propor uma chave de leitura para o romance K.: Relato de uma busca (2011) de Bernardo Kucinski a partir do prefácio completo que constava nas primeiras edições do livro. Apesar de sua simplicidade, argumentamos que este pequeno texto é muito significativo para uma compreensão mais nuançada do que seja a obra de Kucinski, visto que mobiliza, desde o início, as questões geradas por uma elaboração de um passado traumático através da literatura. Discutimos neste artigo, então, a antiga relação entre história e literatura, passando pela problemática própria do tratamento de uma memória dolorosa e o gênero conhecido como literatura de testemunho, encerrando a discussão com uma reflexão sobre os pactos de leitura que obras dessa natureza exigem de seus leitores.

Biografia do Autor

Gabriel Almeida Bizzo, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Mestrando em História pela Universidade do Estado do Rio
de Janeiro. 

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

ALMEIDA BIZZO, G. HISTÓRIA, MEMÓRIA E FICÇÃO EM K.: RELATO DE UMA BUSCA (2011) DE BERNARDO KUCINSKI: O PREFÁCIO COMO CHAVE DE LEITURA. REVISTA DE LETRAS - JUÇARA, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 494-513, 2022. DOI: 10.18817/rlj.v6i1.2840. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2840. Acesso em: 1 out. 2022.