DIFERENTES CORRETIVOS NA UA DE CULTIVO DO CAMAR Macrobrachium amazonicum Heller, 1862 (CRUSTACEA: DECAPODA: PALAEMONIDAE)

Jefferson Alves Lima Alves Alves Lima, Cesar Antunes Rocha Nunes Antunes Rocha Nunes, Gilma Rodrigues de Souza Rodrigues Souza, Raimunda da Silva Gama Silva Gama, Robério Pereira Lima Pereira Lima, Igor Santos de Freitas Santos Freitas, Luzinete de Souza Carvalho Souza Carvalho, Tatiany Santos de Amorim Santos Amorim, Jacqueline de Araújo Guerra Araújo Guerra

Resumo


O cultivo de camar tem se destacado mundialmente devido ao seu alto valor econico, os carcinicultores t investido cada vez mais em tecnologias que melhorem a qualidade da ua e que proporcione melhor desempenho aos organismos cultivados. O objetivo deste trabalho foi testar corretivos na ua de cultivo do camar Macrobrachium amazonicum. Este trabalho foi realizado no Departamento de Cicias Humanas e Tecnologias XXIV, da Universidade do Estado da Bahia, no Laboratio de Carcinicultura em Xique-Xique (BA). O experimento foi de 67 dias, sete de aclimatao e 60 de coleta de dados. Ap a aclimatao, os juvenis foram contados e estocados em tanques com a densidade de 28,5 camars/m2. A estocagem dos camars foram realizada em 12 tanques de PVC de 100 litros, com volume de 100 litros, com sistemas independentes de abastecimento e drenagem, acopladas a filtros biolicos. Foi utilizado delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e tr repeties. Os corretivos utilizados foram Calcio Calcico (Tratamento 1) 1.000 kg/ha, Cal Virgem (Tratamento 2) 100 kg/ha, Cal hidratada (Tratamento 3) 200 kg/ha e Gesso (Tratamento 4) 2415 kg/ha. A homogeneidade de varicia foi avaliada pelo teste BARTLETT e ANOVA as diferens foram detectadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade (p≤0,05), com utilizao do programa estattico SISVAR. Os resultados de paretros de qualidade de ua temperatura, oxigio, pH, amia e nitrito, n obtiveram diferen significativa de acordo com o teste Tukey a 5% de probabilidade (p>0,05). Por, a alcalinidade total e dureza total apresentaram diferen significativa pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade para a cal hidratada e para o gesso. Concluos que os corretivos foram eficientes na melhoria dos paretros de qualidade de ua, mas n tiveram eficicia no desempenho zootnico.

Palavras-chave


Semiárido; Carcinicultura; Calcários; Recirculação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18817/repesca.v12i1.1813

Catálogos, Portais, Bases Bibliográficas, Índices e Sistemas de Indexação

Financiamento

PPG UEMA FAPEMA