A BNCC E AS IMPLICAÇÕES PARA O CURRÍCULO DO ENSINO MATEMÁTICA

Autores

  • Ana Priscila Sampaio Rebouças Universidade Estadual do Maranhão
  • Natarsia Camila Luso Amaral Universidade Estadual do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.18817/pef.v25i2.2478

Resumo

No presente artigo discutimos a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) com ênfase nos discursos sobre a área da matemática, tendo em vista que nosso objetivo é analisar as implicações da BNCC para o ensino de matemática. Dentre os autores que deram suporte conceitual à compreensão e à análise do fenômeno, destacam-se: Mainardes (2006), D’Ambrósio (2011) e Pinto (2017). A pesquisa é qualitativa e consistiu em um levantamento bibliográfico e documental sobre a BNCC e ainda sobre a educação matemática. Os resultados apontam que as pesquisas e avanços na área da educação matemática foram ignorados e que seguiremos com a reprodução de um ensino de matemática conteudista que desconsidera os saberes dos alunos e a realidade na qual estão inseridos. Concluímos tecendo breves ponderações e argumentos na direção de compreender a BNCC e a viabilização dessas reformas para a melhoria do ensino de matemática.

 

Palavras – chave: Base Nacional Comum Curricular (BNCC), Discursos, Educação Matemática.

Biografia do Autor

Ana Priscila Sampaio Rebouças, Universidade Estadual do Maranhão

Aluna do Mestrado Profissional em Educação da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Possui especialização em Ensino de Matemática (UCAM – PROMINAS). Licenciada em Ciências com Habilitação em Matemática (UEMA). Membro do grupo de pesquisa em Formação de Professores e Metodologia de Ensino – GPFOPROME (UEMA).

Natarsia Camila Luso Amaral, Universidade Estadual do Maranhão

Aluna do Mestrado Profissional em Educação da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Possui Especialização em Docência do Ensino Superior (UCAM – PRO MINAS), Graduanda em Matemática pela Universidade Cruzeiro do Sul –Licenciatura. Graduada em Química pela Universidade Cruzeiro do Sul – Licenciatura. Graduada em Engenharia Química – Bacharelado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Membro do grupo de pesquisa e estudos GP-ENCEX (UEMA). Membro do grupo de pesquisa em Formação de Professores e Metodologia de Ensino – GPFOPROME (UEMA).

Downloads

Publicado

2021-01-21