EDUCAÇÃO MUSICAL E FORMAÇÃO ESCOLAR: CONTRIBUIÇÕES DO PENSAMENTO FREIREANO E DO MULTICULTURALISMO CRÍTICO

Celso do Prado Ferraz de Carvalho, Mauricio Braz de Carvalho

Resumo


RESUMO
O objeto deste artigo foi problematizar o retorno do ensino musical à Educação básica brasileira. Tendo como foco o universo sociocultural da escola pública, o texto buscou situar as possibilidades e limites da formação musical a partir de uma compreensão mais ampla sobre o processo de construção social da Escola pública brasileira, da apreensão de suas determinações histórico-sociais e das insuficiências marcantes nessa expansão. Referiu criando o pensamento de Paulo Freire e o multiculturalismo crítico de Peter McLaren, analisou a Educação musical em perspectiva histórica, situando-a no contexto dos embates mais amplos pela definição da cultura e do currículo escolar.
Palavras-chave: Educação Musical; Escola Pública; Currículo; Multiculturalismo.

Texto completo:

PDF