REGRAS E MECÂNICAS EM JOGOS

  • Daniella Rosito Michelena Munhoz Universidade Federal do Paraná
  • André Luiz Battaiola Universidade Federal do Paraná

Resumo

Jogos educacionais são recursos educacionais contemporâneos e há várias pesquisas sobre o seu processo de design, o que passa pela compreensão de elementos dos jogos, entre eles, a mecânica. Mecânicas de jogo e regras de jogo são terminologias mal definidas. O mau entendimento desses termos acarreta inconsistências no vocabulário do design de jogos. Consequentemente, causa problemas de sistematização em processos e métodos de design. Através de uma revisão cronológica da literatura se observa que a frequência de uso do termo mecânica ocorreu de forma crescente a ponto de se confundir com o termo regras, tradicional na literatura. O presente artigo revisa o processo de introdução, assimilação, adoção e consolidação do termo mecânica no vocabulário e sua consequente imbricação com o termo regra. O artigo foi elaborado através de pesquisa de natureza aplicada, objetivo exploratório, abordagem qualitativa e com base em uma pesquisa bibliográfica, com o fim de determinar e analisar como os termos “mecânica” e “regras de jogo” são referenciados na literatura de design de jogos. A pesquisa resulta em uma estrutura de quatro dimensões (CONTEXTO, ARTEFATO/GAME, ATIVIDADE/PLAY, AGENTE/JOGADOR) utilizada para posicionar estes termos dentro do espectro maior do jogo. Esta estrutura possibilita correlacionar mecânicas de jogo e regras de jogo com as habilidades dos jogadores. Ao final, o artigo apresenta uma definição para ambos os termos. Palavras-chave: Estrutura de jogo; Mecânicas de jogo; Regras de jogo; Vocabulário de design de jogos. RULES AND MECHANICS IN GAMES ABSTRACT Contemporary educational games and there are several series about its design process, which involves understanding the elements of the games, among them, the mechanics. Game mechanics and game rules are poorly defined terminologies. The incorrect use of inconsistencies in the vocabulary of game design. Consequently, it causes systematization problems in design processes and methods. Through a chronological review of the literature, it is observed that the frequency of use of thermo-intensity is configured in a growing conflict of terms, traditionally in the literature. This article reviews the process of incorporation, assimilation, adoption and consolidation of the term mechanics in the vocabulary and its consequent overlap with the term rule rule. The article was elaborated through the research of an interdisciplinary nature, with a qualitative approach and based on a bibliographical research, in order to determine and analyze how the terms and rules of game are referenced in the game design literature. The research results in a four-dimensional structure (CONTEXT, ARTEFATO/GAME, ACTIVITY/PLAY, AGENT/PLAYER) used to position these terms within the larger spectrum of the game. This structure allows to correlate game mechanics and game rules with the skill of the players. At the end, the article has a definition for both terms. Keywords: Game structure; Game mechanics; Game rules; Vocabulary of game design.

Biografia do Autor

Daniella Rosito Michelena Munhoz, Universidade Federal do Paraná
Doutoranda em Sistemas de Informação (UFPR). Mestre em Antropologia Social (UFPR). Especialista em Computação Gráfica Aplicada (PUC/PR) e Promoção e Propaganda (FUNPAR). Bacharel em Comunicação Visual (UFPR).
André Luiz Battaiola, Universidade Federal do Paraná
Pós-Doutor em Visualização Científica (SSEC). Doutor em Engenharia Elétrica (USP). Mestre em Engenharia Elétrica (USP). Bacharel em Física (USP). Professor nos cursos de Graduação e Pós-Graduação (PPGDESIGN) do Departamento de Design da Universidade Federal do Paraná.
Publicado
2018-12-28
Seção
Artigos