MODELIZAÇÃO DIDÁTICA NO ENSINO DE QUÍMICA: CONSTRUINDO REPRESENTAÇÕES MENTAIS SOBRE AS ESTRUTURAS DOS ÁTOMOS

  • Tiago Rodrigues da Silva Rede Municipal de Ensino de Timon
  • Bruna Rodrigues da Silva IFMA – Campus Timon
  • Izânio Barroso Cardoso do Nascimento IFMA – Campus Timon
  • Tamyres Lopes Rios IFPI – Campus Teresina

Resumo

O artigo tem como objetivo analisar a utilização da modelização didática no ensino e aprendizagem dos modelos atômicos de Dalton, Thompson, Rutherford e Bohr. Com isso, verificar as influências dos modelos didáticos na formação das representações mentais nos estudantes. Para tanto, adotou-se o referencial teórico da Teoria dos Modelos Mentais de Johnson-Laird. A abordagem foi quali-quantitativa, sendo caracterizada por um estudo descritivo e exploratório. A modelização didática foi aplicada com 32 alunos no 9º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública de Timon/MA. Os dados foram coletados por meio de observações dos pesquisadores acerca da produção e apresentação dos modelos didáticos e um teste aplicado para averiguar como os conteúdos foram compreendidos pelos estudantes com a modelização didática. As representações estabelecidas pelos alunos foram categorizadas em proposicionais, imagem e modelo mental. Com os usos dos modelos didáticos os alunos desenvolveram uma capacidade de identificar e caracterizar os modelos atômicos de forma mais clara e objetiva. Nas análises do teste avaliativo foram quantificadas 128 representações mentais, nas categorias proposicionais (P=5%), imagem mental (IM=16%) e modelo mental (MM=79%). O maior número de MM indica que os alunos apresentaram uma compreensão da linguagem científica dos modelos atômicos. Ao término da pesquisa foi constatado que os estudantes não apresentam dificuldades em compreender os modelos atômicos quando trabalhados com base na modelagem didática e que sua utilização estimulou a produção de representações do tipo imagem e modelo mental. Palavras-chave: Modelos atômicos; Modelos didáticos; Modelos mentais. DIDACTIC MODELING IN THE TEACHING OF CHEMISTRY: CONSTRUCTING MENTAL REPRESENTATIONS ON THE STRUCTURES OF THE ATOMS ABSTRACT The article aims to analyze the use of didactic modeling in the teaching and learning of the atomic models of Dalton, Thompson, Rutherford and Bohr. With this, to verify the influences of the didactic models in the formation of the mental representations in the students. To that end, It was adopted the theoretical reference of Johnson-Laird's Theory of Mental Models. The approach was qualitative and quantitative, characterized by a descriptive and exploratory study. The didactic modeling was applied with 32 students from the 9th grade of Elementary School of a public school in Timon/MA. The data were collected through the observations of the researchers about the production and presentation of the didactic models and a test applied to discover how the contents were understood by the students with didactic modeling. The representations established by the students were categorized in propositional, image and model mental. With the use of didactic models, students developed the ability to identify and characterize the atomic models more clearly and objectively. In the analysis of the evaluative test, 128 mental representations were quantified, in the categories propositional (P = 5%), mental image (IM = 16%) and mental model (MM = 79%). The highest number of MM indicates that the students presented an understanding of the scientific language of the atomic models. At the end of the research, it was observed that the students did not present difficulties to understand the atomic models when worked on the basis of didactic modeling and that its use stimulated the production of representations of the type and image and mental model. Keywords: Atomic models; Didactic models; Mental models.

Biografia do Autor

Tiago Rodrigues da Silva, Rede Municipal de Ensino de Timon
Licenciada em Ciências Biológicas (IFMA – Campus Timon). Especialização em andamento em Ensino de Ciências (IFMA). Professor da Rede Municipal de Ensino de Timon, Brasil.
Bruna Rodrigues da Silva, IFMA – Campus Timon
Bacharel em Ciências Biológicas (UFPI). Licenciada em Ciências Biológicas (IFPI – Campus Teresina). Especialização em andamento em Ensino de Ciências (IFMA – Campus Timon).
Izânio Barroso Cardoso do Nascimento, IFMA – Campus Timon
Licenciado em Ciências Biológicas (IFMA – Campus Timon). Especialização em andamento em Ensino de Ciências (IFMA – Campus Timon).
Tamyres Lopes Rios, IFPI – Campus Teresina
Bacharel em Ciências Biológicas (UFPI). Licenciada em Ciências Biológicas (IFPI – Campus Teresina).
Publicado
2018-12-28
Seção
Artigos