O USO DO GÊNERO “REGRAS DE JOGO” COMO POSSIBILIDADE DE PRÁTICA DISCURSIVA DE LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL COM CRIANÇAS DO 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Autores

  • Rosiara Costa Soares Universidade Federal do Maranhão
  • Cleia Silva Pinto Costa Universidade Federal do Maranhão
  • Vanja Maria Dominices Coutinho Fernandes Universidade Federal do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.18817/pef.v25i2.2475

Resumo

Este estudo configura-se como uma pesquisa-ação colaborativa, e apresenta-se como parte da pesquisa de mestrado desenvolvida em uma turma de 1º ano de uma escola da Rede Municipal de Ensino de São Luís. Os partícipes foram a professora da referida turma e seus respectivos alunos do ano letivo de 2019. O objetivo deste trabalho foi desenvolver encaminhamentos didáticos para promover na sala de aula propostas de práticas discursivas de leitura e produção de textos a partir de situações reais de uso da língua, de forma que as crianças se sentissem estimuladas a fazer uso de diversos tipos de textos, compreendendo a funcionalidade em contextos sociais diários. Dentre os diversos encaminhamentos didáticos gerados durante a pesquisa, trazemos o gênero discursivo Regras de Jogo como uma das possibilidades reais de leitura e produção textual por crianças do 1º ano do Ensino Fundamental. O estudo utiliza o método da pesquisa colaborativa e gerou o desenvolvimento de atividades de práticas de leitura e produção textual com crianças do 1º ano. Os resultados mostram que as crianças do 1º ano, ainda sem o domínio convencional da linguagem escrita, são capazes de fazer uso da leitura e da escrita desde que essas práticas sejam carregadas de sentido real, de uma funcionalidade, que é compreendida a partir das interações discursivas e dialógicas próprias da linguagem escrita.

 

Palavras-chave: Alfabetização, Leitura, Produção de textos.

Biografia do Autor

Rosiara Costa Soares, Universidade Federal do Maranhão

Mestra em Gestão de Ensino da Educação Básica (UFMA) possui pós-graduação em Docência do Ensino Superior, cursou Pedagogia pela UFMA. Integra o Grupo de Estudo e Pesquisa em Ensino de Língua Portuguesa nos Anos Iniciais (GruPELPAI)

Cleia Silva Pinto Costa, Universidade Federal do Maranhão

Mestra em Gestão de Ensino da Educação Básica (UFMA) possui pós-graduação em Educação Especial e Práticas Inclusivas, cursou Pedagogia pela UFMA. Integra o Grupo de Estudo e Pesquisa em Ensino de Língua Portuguesa nos Anos Iniciais (GruPELPAI)

Vanja Maria Dominices Coutinho Fernandes, Universidade Federal do Maranhão

Professora Doutora do Programa de Pós-graduação em Gestão de Ensino da Educação Básica da UFMA.

Downloads

Publicado

2021-01-21