AVALIAÇÃO DAS DIFICULDADES DE ESCRITA CIENTÍFICA NA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO: UM ESTUDO COM DISCENTES DE PÓS-GRADUAÇÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18817/26755122.26.01.2022.2882

Palavras-chave:

Metodologia científica. Pós-graduação. Dissertação. Pesquisa.

Resumo

O presente artigo tem por objetivo avaliar as difi culdades da escrita científica na elaboração da dissertação no âmbito do mestrado profissional de egresso, utilizando uma pesquisa do tipo estudo de caso no mestrado de uma universidade pública localizada na região Nordeste do país. O levantamento de dados realizou-se por meio da aplicação de formulários, através do Google Forms, onde foi investigado as difi culdades encontradas pelos egressos na construço do conhecimento e na elaboração da dissertação. Após a análise dos dados coletados, pôde-se descrever os resultados sobre as difi culdades dos egressos do curso de mestrado em uma universidade da região Nordeste do país. Na seção de resultados, foram evidenciadas as principais dificuldades relatadas durante o percurso da construção da dissertação. De modo geral, observa-se que as difi culdades
mais pontuadas pelos egressos, refere-se à dificuldade na escolha da temática, aos obstáculos para a definição do objetivo geral e os específicos, à construção do referencial teórico/revisão de literatura, aos obstáculos na escolha dos métodos e procedimentos metodológicos, na forma de interpretação dos dados coletados, no desenvolvimento da redação científica e por fim, a avaliação dos egressos quanto à eficiência e eficácia da dissertação. Os resultados também demonstram que os egressos encontraram difi culdades na coleta de dados por meio de questionários ou formulários, na busca em banco de dados confiáveis, em estudos recentes que proporcionam a construção do conhecimento científico e auxilia na elaboração da dissertação para obtenção do título de mestre.

Biografia do Autor

Cilene Magda Vasconcelos de Souza, Controladoria Geral de Camaragibe-PE

Mestranda em Gestão do Desenvolvimento Local Sustentável pela Universidade de Pernambuco - UPE. Especialista nas áreas de Controle e Gestão Municipal pela Universidade Federal do Piauí - UFPI e Gerentes de Cidades pela Universidade de Pernambuco - UPE. Economista pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE.

Antonio Armando Cordeiro Fraga, Fundo Municipal de Saúde de Caruaru

Mestrando em Gestão de Desenvolvimento Local Sustentável (UPE). Possui Pós-Graduação em Contabilidade e Controladoria Governamental pela UFPE e graduação em Ciências Contábeis pela Faculdade de Filosofi a Ciências e Letras de Caruaru. Atualmente é Gestor e contador - Fundo Municipal de Saúde de Caruaru. Tem experiência na área de Administração Governamental, com ênfase em Contabilidade Aplicada ao setor Público. Docente universitário há 05 anos. Professor do curso de Ciências Contábeis.

Fagner José Coutinho de Melo, UPE

Ph.D. in Production Engineering from the Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Master’s Degree in Production Engineering from the Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Graduated in Administration from the Universidade Federal de Pernambuco. Assistant Professor at the Universidade de Pernambuco (UPE).

José Luiz Alves, UPE

Professor adjunto/estatutário do Programa de Pós-Graduação em gestão do desenvolvimento local sustentável FCAP/ Universidade de PE - UPE; líder de Grupo de Pesquisa junto ao CNPQ, Membro da Red para eldessarollo de lasOrganizaciones - REDOR – México. Economista pela UFPE, Mestre e Doutor em Geografi a pela UFPE.

Downloads

Publicado

2022-07-20

Como Citar

Magda Vasconcelos de Souza, C. ., Armando Cordeiro Fraga, A. ., José Coutinho de Melo, F. ., & Luiz Alves, J. . (2022). AVALIAÇÃO DAS DIFICULDADES DE ESCRITA CIENTÍFICA NA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO: UM ESTUDO COM DISCENTES DE PÓS-GRADUAÇÃO. Revista Ciência Geográfica, 26(01), 273-288. https://doi.org/10.18817/26755122.26.01.2022.2882