O ENSINO REMOTO NO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA: POSSIBILIDADES PARA A EDUCAÇÃO PÓS-PANDEMIA*

Autores

  • Bruna Ribeiro Vieira Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
  • Jerusa Cassal de Almeida Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Palavras-chave:

Ensino remoto. Estágio de docência. Pandemia. Covid-19.

Resumo

O estudo em questão deriva-se do relato da experiência de estágio de docência desenvolvido em dupla pelas mestrandas do Programa de Pós-graduação em Geografia pertencente à Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O estágio de docência ocorreu de forma remota na disciplina de Gestão, Currículo e Práticas Espaciais. A metodologia utilizada foi uma narrativa sobre as experiências de atuar frente à pandemia adaptando as práticas para esse contexto. Como resultados, em meio às dificuldades de interação inicialmente com a turma analisada, as estratégias elaboradas pelas discentes no contexto da pandemia evidenciam as potencialidades do ensino e aprendizagem dos estudantes neste formato e as práticas realizadas possibilitam reflexões sobre o ensino e a formação dos futuros docentes no pós-pandemia.

Biografia do Autor

Bruna Ribeiro Vieira, Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

* Trabalho apresentado no II Seminário Internacional de Geografia - Milton Santos 20 anos depois: Desafi os de uma herança intelectual. Evento remoto realizado em novembro de 2021.
Licenciada em Geografia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Mestranda do curso de Pós-graduação em Geografia pertencente à Universidade Federal de Pelotas (UFPel). 

Jerusa Cassal de Almeida, Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Bacharel e licenciada em Geografia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Mestranda do curso de Pós-graduação em Geografia pertencente à Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Downloads

Publicado

2022-07-29

Como Citar

Ribeiro Vieira, B. ., & Cassal de Almeida, J. . (2022). O ENSINO REMOTO NO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA: POSSIBILIDADES PARA A EDUCAÇÃO PÓS-PANDEMIA*. Revista Ciência Geográfica, 26(2), 1109-1117. Recuperado de https://ppg.revistas.uema.br/index.php/cienciageografica/article/view/2935