AVALIAÇÃO DA PESCA ATRAVÉS DO BANCO DE ESTATÍSTICA E SIG NA REGIÃO DE SANTARÉM, ESTADO DO PARÁ, BRASIL

  • Emerson Carlos SOARES
  • César Valdenir TEIXEIRA
  • Anselmo Cristiano OLIVEIRA
  • Marcelo PARISE
  • Willer Hermeto Almeida PINTO
Palavras-chave: setorização, espacialização, SIG, estatística pesqueira, santarém.

Resumo

No ambiente amazônico existe um grande número de variáveis que influenciam o gerenciamento da pesca, portanto o aprimoramento de um sistema de desembarque torna-se essencial na condução de políticas públicas corretas direcionadas ao setor pesqueiro. Neste contexto, a estatística pesqueira juntamente com um sistema de Informações geográficas (SIG) tem aperfeiçoado o conhecimento sobre a dinâmica de pesca na região de Santarém/PA, através de análises de variáveis pesqueiras por intermédio de um modelo de setorizacão e espacialização de dados para a região, envolvendo informações sobre espécies capturadas, captura por unidade de esforço (CPUE) e produção total. Com os dados de captura de pescado proveniente das regiões ou setores de pesca foi possível entender a origem e as áreas mais produtivas em termos de espécies, correlacionar a distribuição da ictiofauna com a morfologia e o tipo de ambiente aquático, além de compreender quais as unidades referenciais de manejo, impulsionando medidas adequadas às ações de ordenamento da pesca na região do baixo Amazonas.
Publicado
2009-04-13
Se??o
Trabalhos Técnicos