QUESTÕES DE GÊNERO E DIVERSIDADE SEXUAL NA FORMAÇÃO INICIAL DOCENTE: REFLEXÕES A PARTIR DE UMA PESQUISA-AÇÃO EM UM CURSO DE PEDAGOGIA

Autores

  • Franciele Schilling da Silva Feevale/RS, Brasil
  • Suelen Bomfim Nobre Feevale/RS, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.18817/pef.v25i1.2339

Resumo

A diversidade sexual e as questões de gênero são temáticas que necessitam ser oportunizadas em cursos de formação inicial e continuada de professores para que assim sejam devidamente tematizadas na Educação Básica. Tendo em vista a necessidade de favorecer discussões acerca do tema, foi proposta uma pesquisa-ação na Universidade Feevale, promovida no Curso de Licenciatura em Pedagogia. O objetivo geral deste estudo foi o de analisar as concepções de licenciandos concluintes e investigar as limitações e potencialidades da abordagem das temáticas “diversidade sexual” e “questões de gênero” no âmbito universitário. A metodologia desta investigação caracteriza-se pelo método qualitativo-exploratório, contemplando a pesquisa-ação. Já os resultados foram avaliados baseando-se na análise de conteúdo e no software Iramuteq®. Os instrumentos de coleta de dados foram constituídos por um questionário semiestruturado (pré e pós-teste) e observação do desenvolvimento de uma sequência didática. Pode-se apontar que as concepções dos licenciandos sobre questões de gênero estão atreladas às seguintes visões: identidade de gênero (é a forma como a pessoa se identifica, gênero feminino ou masculino independente do órgão sexual); condição do sujeito vinculada ao órgão sexual ou sexualidade do indivíduo (heterossexualidade e homossexualidade). Palavras-chave: Diversidade Sexual, Educação Sexual, Formação Docente, Gênero, Pedagogia.

Biografia do Autor

Franciele Schilling da Silva, Feevale/RS, Brasil

Graduada em Pedagogia pela Universidade Feevale/RS, Brasil

Suelen Bomfim Nobre, Feevale/RS, Brasil

Doutora em Ensino de Ciências e Professora na Universidade Feevale.

Downloads

Publicado

2020-07-24