COMPOSIÇÃO E ABUNDÂNCIA DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM PRAIAS URBANAS DA REGIÃO METROPOLITANA DA ILHA DE SÃO LUÍS – MA

  • Yago Bruno Silveira Nunes Universidade Estadual do Maranhão
Palavras-chave: Detritos orgânicos, Detritos inorgânicos, Lixo, Plástico, Litoral Maranhense

Resumo

O acúmulo de resíduos sólidos encontrados nas praias da ilha de São Luís, Maranhão afeta diretamente o ambiente marinho gerando riscos a fauna marinha e à vegetação. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo analisar e comparar a abundância dos resíduos encontrados em 3 praias urbanas da capital maranhense. Ao longo da orla das praias foram divididos seis quadrantes (5x10 m) distintos a uma distância de 10 metros entre quadrantes. Os lixos encontrados dentro dos quadrantes foram coletados, identificados e analisados, por fim foram divididos em dois grupos: os orgânicos e os inorgânicos. As coletas foram realizadas nos períodos de Abril/15 e Julho/15, representados pelas estações chuvosa e seca, respectivamente. Os principais resíduos encontrados foram plásticos em sua maioria copos descartáveis, sacolas, entulhos e bitucas de cigarro. O local com maior incidência, principalmente de resíduos provenientes de plásticos, foi a Praia do Meio. A Praia da Litorânea mostrou razoável quantidade de resíduos, e na Praia do Araçagy foram encontrados resíduos em menor quantidade. Referente aos períodos sazonais, a estação chuvosa teve maior abundância dos resíduos do que a época de chuvas.
Publicado
2018-10-09
Seção
Artigos