ORGANIZAÇÃO SOCIAL E PRODUTIVA DE PESCADORES PARA AGREGAÇÃO DE VALOR DO PESCADO EM MERCADOS INSTITUCIONAIS

  • Diego Neves de Sousa Embrapa Pesca e Aquicultura http://orcid.org/0000-0003-3124-5150
  • Hellen Cristina de Almeida Kato Embrapa Pesca e Aquicultura
  • Cleiton Silva Ferreira Milagres Universidade Federal do Tocantins
  • Alexandre Aires de Freitas Embrapa Pesca e Aquicultura
Palavras-chave: Transferência de tecnologia, assessoria, capacitação.

Resumo

Para atender demandas voltadas à agricultura familiar, o Ministério do Desenvolvimento Agrário em parceria com a Embrapa promoveram ações em todo país para apoiar iniciativas ligadas à inovação de processos produtivos e acesso a mercados. No Tocantins, o projeto "Capacitação e assessoria à organização social e produtiva de pescadores artesanais para agregação de valor do pescado em mercados institucionais" realizou ações junto a colônia de pescadores de Xambioá, norte do estado, através de com uma organização coletiva constituída, a cooperativa MATRINXAM. Foram realizadas ações de capacitação em organizações coletivas e boas práticas de processamento de pescado e ações de assessoria em gestão para fortalecimento do portfólio comercial da cooperativa. Estas ações permitiram maior autonomia para a cooperativa, tanto para sua gestão quanto para agregação de valor aos produtos à base de pescado, o que possibilitou a geração de renda e melhorias de vida para as famílias dos pescadores de Xambioá.

Biografia do Autor

Diego Neves de Sousa, Embrapa Pesca e Aquicultura
Doutorando em Desenvolvimento Rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É Gestor de Cooperativas e mestre em Extensão Rural, ambos pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Tenho interesse em temas de pesquisa na área de Organização Social e Produtiva, Comunicação e Educação Cooperativista, Comunicação para Transferência de Tecnologia, Políticas Públicas da Agricultura Familiar e Extensão Rural e Pesqueira. Atuo no setor de Transferência de Tecnologia da Embrapa Pesca e Aquicultura, em Palmas (TO).
Hellen Cristina de Almeida Kato, Embrapa Pesca e Aquicultura
Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos da Universidade Federal do Pará, enfoque em Gastronomia e Ciência e Tecnologia de Alimentos (Pescados). É Pesquisadora B da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA, atuando na Transferência de Tecnologia na Unidade Pesca e Aquicultura (Palmas - TO). Tem experiência nas áreas de tecnologia do pescado, gastronomia molecular, desnaturação proteica, bioquímica, processamento mínimo, boas práticas de manipulação de alimentos, análise sensorial e higiene alimentar.
Cleiton Silva Ferreira Milagres, Universidade Federal do Tocantins
Doutorando em Desenvolvimento Regional pela Universidade Federal do Tocantins(UFT). Mestre em Extensão Rural e Bacharel em Gestão de Cooperativas, ambos pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Atualmente é professor Assistente II (UFT) no curso de Tecnologia em Gestão de Cooperativas, campus Araguaína. Coordena o Grupo de Pesquisa e Extensão: "Cooperativismo, Extensão Rural e Processos Participativos" (UFT) e participa dos Grupos: Gestão e desenvolvimento de cooperativas e associações e ASSENTAMENTOS - Grupo de Pesquisa sobre Movimentos Sociais no Campo, Reforma Agrária e Associativismo. Membro do Comitê Organizador Internacional do SIBEP - Seminário Internacional Brasil, Espanha e Portugal. Desenvolve trabalhos nos seguintes temas: Metodologias Participativas, Cartografia Social, Educação Cooperativista, Extensão Rural e Processos Sociais
Alexandre Aires de Freitas, Embrapa Pesca e Aquicultura
Possui graduação em Engenharia Agonômica (1995) e mestrado em Agronomia - Irrigação e Drenagem (1999), ambos pela Universidade Federal do Ceará (1999). Atualmente é empregado da Embrapa, lotado na unidade Embrapa Pesca e Aquicultura na área de transferência de tecnologia, exercendo atualmente as funções de chefe geral substituto, ch. adjunto de transferência de tecnologia, presidente do comitê local de propriedade intelectual-CLPI, membro do Comitê Técnico Interno-CTI. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Extensão Rural, Gestão Rural, Elaboração, Avaliação e Gestão de Projetos, Agroecologia, produção orgânica e Irrigação.
Publicado
2018-10-10
Seção
Artigos