RISCOS OCUPACIONAIS E MEDIDAS DE PROTEÇÃO DOS TRABALHADORES IDENTIFICADOS EM UMA PISCICULTURA NO MUNICÍPIO DE SANTA RITA-MA

  • Fabiana Borralho Frazão Universidade Federal do Maranhão
  • Lyssandra Kelly Silva Ferreira Universidade Estadual do Maranhão
  • Ricardo Henrique Nascimento Frazão Universidade Federal de Santa Catarina
  • Nayara Mendes Louzeiro Universidade Estadual do Maranhão
Palavras-chave: Aquicultura, Piscicultura, Segurança no Trabalho, Atividade Laboral

Resumo

Este trabalho tem como objetivo avaliar os riscos ocupacionais e as medidas de proteção dos trabalhadores na Piscicultura Vale do Itapecuru no município de Santa Rita-MA. Realizaram-se aplicação de questionários semi-estruturado, levantamento bibliográfico, visitas, registros fotográficos e observações “in loco”. Verificou-se que os trabalhadores estão expostos aos riscos ocupacionais físicos, químicos, biológico, ergonômicos e riscos de acidente. O risco com maior incidência na piscicultura foi o risco de acidente, com 36,84%. Os equipamentos de proteção individual - EPI mais utilizados foram luvas e botas. Portanto, há muito que se fazer em relação à segurança dos trabalhadores no empreendimento em estudo, no qual foi sugerido a adoção das recomendações quanto ao uso de EPI e outras medidas de proteções que visam a preservação da saúde do trabalhador bem como e desempenho do mesmo.

Biografia do Autor

Fabiana Borralho Frazão, Universidade Federal do Maranhão
Doutoranda em Biotecnologia - UFMA, Engenheira de Pesca - UEMA.
Publicado
2019-06-16
Seção
Artigos