OCORRÊNCIA DO “SPANISH FLAG” Gonioplectrus hispanus (CUVIER, 1828) NA COSTA DE PERNAMBUCO, BRASIL

  • Vanildo Souza de Oliveira
  • José Milton Barbosa
Palavras-chave: peixes, Serranidae, pesca de profundidade, distribuição geográfica.

Resumo

A pesca de peixes demersais na costa do Nordeste é realizada em grande parte por pescadores artesanais em águas rasas, de forma que a ocorrência de espécies, de profundidades superiores a 100m é bastante rara. Assim, a captura de espécies de águas profundas fica restrita a pesca experimental. Como por exemplo, o registro do serranídeo Gonioplectrus hispanus (spanish flag), coletados numa viagem de pesquisa no barco Sinuelo, da Universidade Federal Rural de Pernambuco em uma profundidade de 150m na Plataforma Continental de Pernambuco (Lat 8o 02 29S, Long 34o 32 20W). Foram capturados dois exemplares com linhas de mão de nylon com 0,8 mm de diâmetro e anzóis número 615. A captura de exemplares desta espécie na costa nordestina é de grande importância para o conhecimento de sua distribuição geográfica, uma vez, que só há registros de sua ocorrência no Brasil, para a costa do Estado do Espírito Santo. Gonioplectrus hispanus habita regiões de fundos rochosos entre 60 a 365m, e alcança no máximo 30cm. Os dois exemplares capturados mediram 18,3 e 20,8cm de comprimento padrão e 23,3 e 24,7cm de comprimento total, com peso 232 e 271g, respectivamente. Esta espécie é mais comum em locais onde existe abundância de cavernas, em fundos rochosos. Por sua bela tonalidade: coloração fluorescente rosa e faixas laranja alternadas, além de uma distinta mancha vermelha em sua nadadeira anal, possui uma grande valorização no mercado de peixes ornamentais, sendo denominado Spanish flag, Apresenta alta taxa de sobrevivência em aquários e possui uma grande voracidade, alimentando-se de peixes e crustáceos. A ocorrência desta espécie no Nordeste é uma informação bastante significativa, do ponto de vista científico e comercial, dada a sua importância para a aquarofilia.
Se??o
Artigos